A Minha Filosofia

Eu ficarei para sempre com o que disse Zoroastro, grande sábio persa do século VI a.C., que resumiu o que é estar no caminho correto em apenas uma singela frase:

"BONS PENSAMENTOS, BOAS PALAVRAS, E BOAS AÇÕES."

Quero fazer deste princípio o meu viver, incorporar em tudo o que sou a essência desta visão tão simples, para conseguir estar bem com o mundo e comigo mesmo antes de qualquer coisa.

sábado, 30 de octubre de 2010

Boas Notícias

 À todos os meus seguidores e leitores em geral, venho agora falar apenas alegrias. Fazia um certo tempo que isso não acontecia, porém chegou o momento. Não ganhei na loteria, não é isso. São coisas boas que estão a acontecer, e eu estou bem disposto a compartilhar.

 Para começar, agora não ficarei mais muito tempo longe da Internet, como estava a ser, devido a pequenos problemas que já foram solucionados. Durante algumas semanas, não pude dar aos meus blogues a atenção que eles merecem (ou que eu julgo merecerem) muito menos visitar os de meus amigos, e isso acabou desde agora.

 Ah, e ainda falta eu dizer mais um detalhe: chegou anteontem para mim presentes maravilhosos! Vieram direto de uma pessoa muito especial para mim, Deborah Zaniolli. Ela vive em Afula, uma cidade do norte de Israel, e me enviou lembranças suas - falafel pronto para preparar, vinho para o sábado, azeite da Galiléia, água do rio Jordão, terra de Jerusalém e um bilhete dela para mim, onde pude constatar que sua letra é linda, tanto em português como em hebraico (ivrit). Nunca me esquecerei. Todá rabá chaverah sheli, muito obrigado minha amiga.

 Eu tomei o vinho ontem de tarde. O shabat foi doce desde o começo; era o puro sabor da uva. Também já provei do azeite, de ótima qualidade. Mas o melhor de tudo foi fazer o falafel. É um croquete feito de vegetais e frito em óleo bem quente, parece um pouco o famoso kibe, só que não leva carne na receita. Todo mundo em casa achou delicioso, e eu me senti como se estivesse em Israel! Porque lá todos comem fafafel quase todo dia, sejam judeus ou árabes. É popular, comida encontrada em qualquer esquina. Lembro que uma vez em São Paulo, no bairro do Bom Retiro, vi uma cantina onde se vendia falafel, e eu sabia o que era e queria muito poder comer, e não foi possível porque os donos haviam fechado o estabelecimento vários anos antes de eu passar por ali, e somente o letreiro ainda estava visível, apesar de bastante apagado pelo tempo. Era de frente à sinagoga Talmud Thorá; faz uns quatro anos já, e somente hoje é que fui provar o gosto dessa iguaria! Estou nas nuvens até agora...  Logo poderei fazer sempre, porque agora vou me empenharei em conseguir os ingredientes (grão-de-bico é o requisito tradicional, mas há receitas que usam até favas). 
Falafel - os que eu fiz ficaram parecidos com estes, só que mais esverdeados um pouco

 Caso alguém esteja interessado, mando por e-mail a receita.

 No mais, estou feliz. Minha vida está azul. Me sinto mais em paz, mesmo que tudo não seja (ainda) perfeito. O que eu mais sentia falta era de paz interior, e isso eu tenho agora, porque o amor vem me visitar a cada novo dia. Espero nunca fazer nada para que ele se vá e me deixe novamente só. 



9 comentarios:

Daniel Savio dijo...

Então aproveite cada momento de felicidade menino, pois tu merece...

Hah, não precisa ficar com medo de entrar no meu diário, ok?

Fique com Deus, menino Hakime.
Um abraço.

Debor@h dijo...

Amigão que bom que gostou!!! E obrigada pelos elogios a minha letra, haha e fico feliz qeu tenha gostado das lembrancinahs de Israel, todos os turistas que vem aqui buscam por garrafinhas desse tipo e achei que vc tb gostaria.

Mil beijos Sheli e aproveite o amor e a felicidade!!!

Ps- Adorei a imagem nova do blog!!!!!

Cor de Rosa e Carvão dijo...

Querido, que lindo esse novo astral do blog. Parabéns. Está igual a ti agora: alegre, amoroso e em paz. Tudo de bom pra ti, sempre. Beijo no teu coração.

p.s.: que delícias essas que tua amiga trouxe para ti. deu água na boca. hehehe.

Ruby dijo...

Adoro a como você compartilha suas experiências culturais qui no seu blog. Que bom, momentos de felicidades nunca são demais! Me deu muita vontade de comer o falafel.
Quem sabe um dia eu encontre forças pra ficar mais longe da internet.

Doce Melodia dijo...

Ah, amigo!
Fico tãaao feliz por vc!
Sei que isso te é muito precioso!
Seja feliz!!!

Álly

Ruby dijo...

Olá Hakime! Te agradecendo pelo carinho, atenção sempre e desejo de melhoras.
Sobre a sra. que tem nódulos e se recusa a ser examinada, infelizmente ainda há muitas pessoas com esses pensamentos antigos e acabam perdendo a vida por não se cuidarem. É típico de gente sem informação. Abraços.

Paulo Braccini dijo...

Feliz por vc querido ... te adoro ... aproveite cada instante de sua vida ...

bjux

;-)

Verdinha dijo...

Je suis heureuse pour toi que tu aies trouvé une certaine stabilité et paix dans ta vie. je souhaite que celles-ci restent ancrées en toi pour toujours. Elles sont bien appétissantes ces petites boulettes. Pourquoi seulement envoyer la recette par email et ne pas en faire un billet sur ton blog ?
Amicalement
Verdinha

Ká Moraes dijo...

Ahhh que saudade de ti, Rick!
Estou sem internet, por isso ando ausente com meus posts e com as respostas dos comentários, mas vou lá respondê-los, ok?!

Vê se não some mais!!

Beijos com carinho.