A Minha Filosofia

Eu ficarei para sempre com o que disse Zoroastro, grande sábio persa do século VI a.C., que resumiu o que é estar no caminho correto em apenas uma singela frase:

"BONS PENSAMENTOS, BOAS PALAVRAS, E BOAS AÇÕES."

Quero fazer deste princípio o meu viver, incorporar em tudo o que sou a essência desta visão tão simples, para conseguir estar bem com o mundo e comigo mesmo antes de qualquer coisa.

O Autor



Bem, o meu nome é Ricardo Fernandes. Eu nasci com olhos castanhos e os cabelos profundamente negros. Os olhos continuam castanhos, mas os cabelos eu pinto agora de ruivo. Sou aquele que às vezes fala muito, às vezes fala pouco, porém nunca digo tudo o que está dentro do meu coração, mais por falta de oportunidade que por não querer. Meu sorriso é largo e é uma pena que eu não possa sorrir todos os dias com todo o meu riso...


 O meu nascimento foi em 5 de Janeiro de 1987, numa vila do Sul do Brasil. Fui o primeiro de 8 filhos de Dona Eva, para mim a primeira mulher do mundo (e a única, também). Até aos 19 anos, vivi no campo, depois disso me mudei direto para uma das maiores metrópoles do planeta, São Paulo; ali fiquei por 3 anos, lá aprendi o que é cuidar do próprio nariz, me tornei adulto, descobri o amor e a dor do amor.


Já morei em vários lugares, passei por experiências marcantes, algumas chocantes até. Conheci todo tipo de pessoa, se é que se pode dizer que as pessoas têm "tipos". É como se eu fosse muito mais velho do que sou na realidade. Tenho minhas opiniões, mas não a cabeça fechada, sei ouvir e respeitar os outros.
Aprendi com a vida que não se pode exigir nada de ninguém, a não ser de si mesmo, e ainda assim apenas o que se pode conseguir. Felizmente ou infelizmente, não somos capazes de tudo, porém é importante permitir-se ao que se pode.




8 comentarios:

LUmeNA dijo...

Olá Hakime!

Esta colecção de fotos está impecável. Acho-te parecido um pouco com Joaquin Cortez.

Vou fazer-te novo pedido de amizade para facebook. Tenho lá uma colecção de músicas.

Gosto das tuas músicas! :)

Beijinhos,
Lumena

A Flor do Sul - Perah Hadarom dijo...

http://es.wikipedia.org/wiki/Joaqu%C3%ADn_Cort%C3%A9s

Uau! O Joaquím Cortéz, o famoso bailarino de flamenco, o espanhol lindo que é descendente de ciganos? Não, amiga, acho que estás enganada. Ele é muito bonito e elegante, eu não chego nem aos pés. Talvez seja alguma distante semelhança entre o formato de nossos rostos, háháhá! Mas obrigado pelo elogio, muito lisongeado.

Querida amiga, podes mandar novo convite. Tenho já na minha Facebook a Lumena como amiga, mas se tens um novo perfil, muito bem, atualizamos.

Que bom que temos gosto parecido para música. Ninguém vive sem música, não é mesmo? Então que viva a canção, que dá vida à alma e calor ao coração...

Um abraço dos mais cordiais, e apareças sempre, és muito bem vinda aqui.

Pimenta dijo...

Menino, nem sei como parei naqui!
Que engraçado foi!
bjos, você é lindo!(Sem segundas intenções, costumo achar gente amável uma coisa linda demais)!
bjo

A Flor do Sul - Perah Hadarom dijo...

Pimenta;
A mim também foi, é claro, uma surpresa encontrar-te por aqui. Gostei da surpresa, e faço votos de que voltes outras vezes. Até mais, se Deus quiser.

Twoefes dijo...

Olá Ricardo.
Há pessoas, muito poucas, que sabem transmitir as suas sensações, as suas emoções e os seus sentimentos. Conseguem sintonizar com harmonia o que sentem no seu coração com a sua inteligência, conseguem transmitir as subtilezas do seu subconsciente. O Ricardo, pertence a esse escol. Efectivamente é muito gratificante ler a tua poesia e a tua prosa.
Um grande abraço.
PS: eu pertenço ao outro grupo, ao das multidões que aprecia e delicia-se com aquilo que o primeiro grupo lhes apresenta. O meu blog é uma brincadeira, não tem valor absolutamente nenhum, com toda a sinceridade sem qualquer falsa modéstia , fi-lo apenas como um desafio a mim mesmo, mas perdi a aposta, mas não me importo . Rendo-me à realidade, mas agradeço aos meus seguidores, sei que o fazem apenas por simpatia, e muito especialmente a ti Ricardo.

A Flor do Sul - Perah Hadarom dijo...

Fernando Frutuoso:

Obrigado por achar que eu pertenço à nata dos que transmitem suas idéias. Jamais digas que aquilo que dizes é secundário, pois se dizes algo demonstras teres opinião e discernimento. Bem haja pela tua leitura dos meus textos e poemas, apareça sempre!

Abraços cordiais!

Ana Cristina Costa Siqueira dijo...

Querido Ricardo
Nem todos os rostos nos inspiram beleza num simples ângulo de olhar. Seu rosto tem muitas mensagens. Cheguei ao seu blog, em busca de informações sobre a poetisa Farough, citada do filme iraniano "E o vento nos levará". Gosto muito de Abbas Kiarostami, e a citação do poema de Farough dialoga com a linguagem do diretor.Você deve ter assitido a esse filme, não? Preciso dizer ainda que sua expressão é, também na escrita, cativante; você suscita abraços fraternos, boas lembranças e inspirações. É um grande prazer encontrá-lo! Ana Cristina

Ana Cristina Costa Siqueira dijo...

Os poemas são lindos. Quanto lirismo em um mundo tão hostil. Uma flor no asfalto, um aroma de café fresco, um ipê florido,um dia como tantos outros, em que reconhecemos a brisa transportando um pouco da humanidade de cada um de nós. Um abraço. Felicidades.