A Minha Filosofia

Eu ficarei para sempre com o que disse Zoroastro, grande sábio persa do século VI a.C., que resumiu o que é estar no caminho correto em apenas uma singela frase:

"BONS PENSAMENTOS, BOAS PALAVRAS, E BOAS AÇÕES."

Quero fazer deste princípio o meu viver, incorporar em tudo o que sou a essência desta visão tão simples, para conseguir estar bem com o mundo e comigo mesmo antes de qualquer coisa.

lunes, 2 de marzo de 2009

Flores do Sul


Pegues, pegues esta flor na tua mão.
Não perguntes como vou fazer sem ti.
A pões no teu coração,
Que lembrarás de mim quando fores partir.

Minha branca flor,
Meu mundo distante.
Retorna, amor,
Fiques mais um instante.

Tudo de mim pra sempre
Contigo está.
Ainda te espero Flor do Sul
Na beira do mar...

Sempre vou te esperar.

Amo aquilo que desapareceu.
Tu és uma visão, só um passado meu.

Minha branca flor,
Meu mundo distante.
Retorna, amor,
Fiques mais um instante.

Tudo de mim pra sempre
Contigo está.
Ainda te espero Flor do Sul,
Na beira do mar...

Sempre vou te esperar.

10 comentarios:

Nina dijo...

Ola querido
Espero que sua flor sul esteja em paz...linda poesia
Esrava com saudade de das tuas postagens
bauces

Fernando Leroy dijo...

Olá, tudo bem? V~e tb o Pssagem Para? É mesmo muito interessante e supreendente. Obrigado pela visita com seus comentários que só trazem opinião de qualidade para o Circo. Abraço!

Flavio Ferrari dijo...

Gostoso gostar ...

Fernando Leroy dijo...

Tem surpresa pra você lá no Circo da Notícia!

Nina dijo...

Cade vc abandonou o blog
Escreveeeee
Bauces

Camisinha.com dijo...

um poema mto bonito.

um blog charmoso e sensual!!
verde?! poucos espaços assim!!

parabéns!

sobre a frase:

"meu passado me condena, meu presente me redime"

não faço ideia!!

é uma frase que me acompanha há anos!

rsrsrs

..

Roberto Ney dijo...

lindo poema...
"eu trago o sol, nos meus olhos um farol, eu trago o sol que vem de lá do sul"...
abraço

Joli dijo...

Está tão bonito ^^

Xana dijo...

Muito bonito este poema de amor :)
boa semana
beijos meus

Jose Araujo dijo...

Obrigado pela visita,
pelo comentário e atenção.
Temos algo em comum.
Fazemos das letras nosso porta voz. Não a voz comum, a voz audível aos ouvidos comuns, mas a voz do coração, aquela que muito poucos falam e menos ainda, os que a escutam e compreendem.
Beijão meu novo amigo!
Fique com Deus, sempre!
Viajei na poesia e literalmente, por vastos campos, cheios de Flores do Sul.